segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Ah, lembrei qual seria o primeiro post do ano! Sabonetes.

 

Não, isso não virou um blog sobre dicas femininas e não, eu não comecei a fazer sabonetes artesanais nessas férias. E na real essa piadinha de confundir a banda com o produto de higiene (?) está tão batida que eu nem sei porque fiz uso dela. Enfim.

A verdade é que, de fato, não havia assunto melhor – nem mais adequado - para começar esse ano.

582--23077905_4 

Eu conheci Sabonetes no final do ano passado (vocês também acham esquisito falar “ano passado” quando ainda é janeiro? Sei lá, parece recente demais pra ser ano passado. Enfim.), através de um amigo querido e a partir daí eles  entraram assustadoramente rápido na lista dos mais executados no meu lastfm.

Fazia bastante tempo que eu não me encantava tanto por uma banda nacional. Aliás, pra falar a verdade, eu não andava com vontade nem das que eu já amo.

Mas com esses aí foi amor à primeira ouvida vista. Sabe aquela banda que aparece com letras e melodias que dizem exatamente o que você está sentindo naquele exato momento? Foi o que aconteceu. Eles… Encaixaram. E a partir daí eu só tenho mais e mais vontade de apresentá-los pra todo mundo.

É um som simples, uma voz encantadora e letras que fogem do que mais tem me incomodado na música nacional dos últimos tempos: Rimas fáceis. São bem trabalhadas, têm poesia…

E eu nunca sei o que escrever quando gosto MUITO de uma coisa. Então eu acho melhor encurtar e partir pro que interessa.

Pra quem não sabe, eu tenho o problema de sempre às vezes gostar de uma música e, quando coloco pra tocar, não consigo evitar e deixo-a no modo repetir por normalmente mais de uma hora, e isso se estende até o dia que eu encontro outra música pra fazer o mesmo.

Com Sabonetes isso aconteceu com, basicamente, metade das músicas do álbum. Então foi muito difícil escolher apenas UMA música pra apresentar aqui.

Optei por “Hotel”, que é o single atual, tem um clipe lindo e faz parte da minha tríade-das-favoritas-entre-as-favoritas, junto com “Boleros” e “Marcapagina” (ouçam também “Mais Uma Vez”, “Onde Vai Parar” e “Hora de Partir. E ouçam as outras também, heh :D).

Espero que gostem. Mesmo.

 

Acho que um “A ouvir” nem se faz necessário dessa vez, não é mesmo?

7 comentários:

  1. Eu ainda não escolhi a minha favorita, mas eles merecem. =D

    São ótimos! (E assim que meu surto com Móveis passar, vou escutá-los até enjoar.)

    ResponderExcluir
  2. amo amo amo amo amo ><

    ResponderExcluir
  3. Aconteceu exatamente, exatamente a mesma coisa comigo.
    Ouvi Hotel umas 394839483048 vezes desde a primeira vez que eu ouvi (:
    E, combinemos, rimas fáceis também andam me matando de uns tempos pra cá rs

    ResponderExcluir
  4. extremamente foda mesmo... minha banda nacional preferida! Sem comentários pra "Hotél",realmente muito boa... Só queria que eles viessem mais uma vez pra Sorocaba,rs

    ResponderExcluir
  5. Eu que apresentei, hehe (:

    Sabe que sempre estranhei essa mania tua de ouvir 4684454532657 vezes a mesma música seguida, né? Mas com Sabonetes a gente até perdoa ;D

    ResponderExcluir